segunda-feira, 1 de julho de 2013

'Pede-convite'

Há uma nova moda um pouco estranha a espalhar-se com o Facebook. É a chamada moda dos 'pede-convites'. Já me tinha apercebido de algumas situações, mas achei sempre que eram pontuais, até as começar a contar - e perceber que já eram quase um dado estatístico.

A moda dos 'pede-convite' é chata porquê? Porque é embaraçoso. Ainda no outro dia uns amigos nossos anunciaram que estavam noivos. Entre as 775 mil comentários de 'FELICIDADEEEES', metade sucumbiram à moda e para além das congratulações tinham o clássico 'eu vou lá estar para ver, não vou?' ou o 'espero assistir a esse dia...' - este tem que ter sempre reticências! - ou ainda o 'felicidades. já têm data para pôr na agenda?'.

E é claro que eu não conheço as pessoas que fizeram os comentários, sendo que podem ser o primo mais chegado à tia de Aljustrel. E é indiferente. O que não é indiferente é o despropósito de tais coisas para mundo inteiro e arredores ver. Porque, vejamos, se é alguém muito chegaod que até vai ao casamento, cala-se e não tem necessidade nenhuma de anunciar que vai, porque isso melindra pessoas que não vão - nunca se sabe que estilo de casamento os noivos podem e querem ter. Se é um de 500 pessoas, que inclui todos os amigos do Facebook, ou se é de 80 pessoas só com os mais chegados. Se, por outro lado, é alguém que não sabe se será convidado, então mais calado deveria ficar, sob pena de os noivos se sentirem na obrigação de convidar só por causa do comentário ao estilo 'pede-convite'. E quem diz para casamentos diz para festas, jantares, convívios diversos, o que seja.

É de mau tom, minha gente, fazermo-nos convidados - excepto se estamos a falar dos nossos melhores amigos e NUNCA no contexto de uma rede social. É de mau tom insinuar que vamos ser convidados para que todos vejam mas não possam ir. É de mau tom, é despropositado e é uma tremenda falta de educação - para resumir muito.

2 comentários:

  1. Não queres vir cá morar umas semanas para dar curso destas coisas às pessoas?

    Imagina o que é isso na vida real. "Fui ao jantar da Colega X. Não te vi... não são amigas?".

    Falta de chá.

    Beijos, amada.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo