terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Christmas Wishlist

Nunca fui de  fazer muitas listas de presentes de Natal - na verdade, lista de presentes de coisa alguma. Nem de casamento. Percebo a teoria de que "assim se evita que as pessoas dêem coisas de que não gostamos", mas também me é agradável pensar que as pessoas se vão esforçar por nos oferecer uma coisa gira. No limite, tudo se troca.


Amsterdam, 12.2012

E a verdade é que ainda não me arrependi desta decisão. Creio que trocámos apenas um presente de casamento - e recebemos vários bem giros em que provavelmente nunca iríamos pensar. Nos Natais e aniversários a mesma coisa..gosto da surpresa. Gosto de saber o que cada pessoa escolheria para mim. Gosto de receber coisas com as quais claramente não estava a contar.

Este ano há um presente maravilhoso que me chegou antes do Natal que bastava, por si. Não pelo presente, mas aí sim, claramente, pelo gesto absurdamente maravilhoso que representa. A minha irmã perguntou-me o que queria de Natal. "Aaaa...sei lá eu". De facto, não sei. Não estou a fazer-me esquisita. A verdade - fantástica e de dar Graças todos os dias - é que não preciso de coisa alguma. De precisar, mesmo a sério.

Portanto, tudo o que receber será bem-vindo, porque vem apenas aumentar a mega alegria de ter pessoas que gastaram algum tempo a escolher uma lembrança para nós.

E isso, sim, faz o Natal.

[E sei que este texto pode parecer estranho. Mas a verdade é esta. Sou muito mais consumista, eu própria, do que de ficar à espera de presentes :)]

1 comentário:

  1. vejo agora que estivemos as duas em Amesterdão no mesmo mês ;) cidade linda!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo