quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Até já.

Obrigada pelo colo, pelas bonecas, pelos mimos e pela alegria inesgotável. Por partilhar comigo os momentos mais importantes da vida. Obrigada pelo sorriso e pela vida cheia e longa. Pelas memórias já repetidas dos beijinhos que me dava quando eu. pequenina, ficava consigo dias e noites seguidos. Obrigada por me ter abençoado tantas vezes e conseguido afastar de mim tanto menos bem que por aí anda. Obrigada por ter sido a avó mais presente mesmo sendo só avó de coração. Até já. É um até já!

[Afinal viu-me casar. E eu sei o quanto isso foi importante. Para as duas.]

4 comentários:

  1. Tenho a certeza que o meu avô não me vai ver casar. Era um dos meus sonhos.
    Força Meg.

    ResponderEliminar
  2. Força Meg, um abraço apertadinho.

    ResponderEliminar
  3. Só hoje, só agora vi esta tua homenagem... não tenho palavras (só tenho mesmo memórias e ... lágrimas). Obrigado, obrigado pelas tuas palavras, pelo teu amor, pelo teu carinho para com ela. E nunca te cheguei a agradecer pelo que fizeste naquele dia, Muito obrigado de coração. Beijinhos

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo