terça-feira, 7 de janeiro de 2014

O [péssimo] serviço da Sacoor

Quando o João decidiu ir comprar o fato para o casamento levou com ele uma das madrinhas e um dos nossos amigos com mais jeito para as coisas da moda. Combinaram encontrar-se e lá foram eles em busca de um fato que fizesse o meu então noivo feliz e que não lhe desse cabo das finanças - fatos são coisas que ele só usa em festas, portanto neste momento tem dois que pouco uso têm, o que faz com que grandes gastos não compensem.

 No seu périplo, decidiram entrar na Sacoor, porque, para além de ter algumas coisas em saldos, o nosso amigo tem o cartão de fidelização da loja, o que poderia também trazer algumas vantagens. Quando entraram e começaram a pedir fatos, a senhora olhou para eles de sobrolho franzido - o facto de irem de roupa de fim-de-semana, as in, calças de ganga, ténis e t-shirt parece ter ajudado. E disse:

- O segundo que me pediu não está em saldo.
- Nós sabemos, mas gostávamos de ver na mesma.
- Mas aquele fato custa 900 euros...
[silêncio]
- Nós sabemos. Queremos experimentar, por favor.

Ora, se isto tivesse sido comigo, eu tinha ficado a olhar para a senhora, chamado o gerente e feito queixa. Ou melhor, teria agarrado no fato, pago sem experimentar, e uma semana depois ia lá devolvê-lo, só para ela não ser idiota. Tenho dúvidas de qual teria sido a melhor abordagem. Eles foram mais simpáticos: experimentaram os fatos e vieram embora sem nenhum, porque efectivamente assentavam pessimamente.

Agora, o que realmente interessa aqui é que o serviço desta loja é totalmente absurdo. Não é absurdo. É mau. É um serviço que desrespeita o cliente, que está cheio de estereótipos e que nem sequer devia ser permitido. Porque é assim que se perdem clientes. Nós, garantidamente, não voltaremos a gastar lá um euro. E aquela senhora, se fosse por mim, já estava com uns mega patins nos pés.

[post atualizado e corrigido: por erro meu difamei aqui a Throttleman - cujo serviço também não é bom mas não teve culpa nenhuma neste caso. Troquei o nome das lojas. O Post sobre a Throttleman fica para outro dia. Desculpem os visados. O que vale é que ninguém lê isto!, mesmo:))]

1 comentário:

  1. a Throttleman não tem fatos!!!! mto menos artgos de 900€.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo