quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Vazio

"Normalmente o homem sente-se vazio, oco. Essa é sua amargura.
Ele quer se encher, por isso vive se entupindo de comida, sexto. álcool, dinheiro, coisas, todos os tipos de tranqueiras que a tecnologia lhe oferece.
Mas permanece o vazio interior, e ele continua vazio como sempre.
Na verdade, você começa a se sentir assim quando está cercado de toda espécie de coisas.
Em contraste , seu interior parece muito pobre,
A busca por dinheiro, poder e prestígio tem o objetivo básico de criar um plenitude de ser, mas é uma direção errada.
Não é assim que alguém se torna pleno.
O caminho para se tornar pleno é por meio do amor, da oração, da graça.
Só há um jeito de você se tornar pleno: impregnar-se de Deus, estar disponível a Deus e a toda a sua glória e esplendor...
Ame a existência e você ficará pleno.
Ame incondicionalmente e você transbordará.
E o momento em que uma pessoa transborda é o momento de ela ir para casa. Ela chegou.
A satisfação é tremenda".

[Osho] 


A T. ofereceu-me o bilhete de presente de Natal e ontem lá fui, à espera do que seria este "O que farias se não tivesses medo?". Ao contrário da peça "Vamos lá entender as mulheres...mas só um bocadinho", isto não é uma comédia. É uma viagem interior que acontece entre a Marta Gautier e o público que a ouve. Descrição de uma viagem que ela já iniciou e que convida todos a fazerem: a da descoberta de quem somos, de como podemos enfrentar o mundo nessa sinceridade, de como a vida melhora se formos quem queremos ser ao invés de quem o mundo espera que sejamos.

São duas horas de duras revelações e de sorrisos semi-abertos quando nos identificamos com algum dos episódios descritos. "Todos temos traumas".E quando havia pessoas a abandonar a sala, o remate era simplesmete: "Não faz mal. Há pessoas que não estão prepradas para ouvir isto. Há quem só comece a questionar-se aos 70 anos".

A viagem continua no dia 12, num Teatro que deve estar a 24 horas de esgotar, novamente. E eu conto fazer mais um bocadinho do caminho. Que pode ser duro, mas saímos de lá tão mas tão mais leves e mais certos do que caminho que escolhemos... :)



 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo