quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

O melhor do meu dia | Sara

Aquelas mãos pequeninas que só agora começam a aprender a agarrar com força aquilo que lhes chega. A boca, bem desenhada, perfeita, entreaberta na sofreguidão de querer respirar o ar deste mundo, tão novo. Os olhos, abertos, quase arregalados, a reflectir a vontade de conhecer tudo o que está à sua volta. Sem um choro. Sem se irritar - excepto quando vêm os soluços, esses malvados. Ontem, no final de um dia [difícil], conhecer a pequena Sara foi tudo de bom. Foi voltar a ganhar a esperança e a alegria em apenas duas horas.

Bem-vinda, querida, pequena, linda Sara. Bem-vinda!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo