terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Salário satisfação

O salário satisfação também tem que ser negociado. Muitas vezes, mais negociado que o salário real. O salário satifação foi algo que só entrou no meu léxico há quatro anos, quando embarquei na aventura de ser um Foca de um dos melhor e maiores jornais do Brasil. "Lembrem sempre do salário satisfação", dizia o Chico. E nós, focas mais preocupados em ter salário com que pagar os chopes e as roupas novas, ligávamos pouco.

Mas depois passámos de focas a pequenas lontras. E percebemos o que o Chico queria dizer com aquilo. Percebemos por que o salário satisfação, ainda que não suplante o real, tem praticamente a mesma importância que ele: o salário satisfação é aquilo que a vida nos dá. É o que ganhamos pelas escolhas que fazemos. É, mais do que o que temos, o que somos. O salário satisfação são os nossos amigos perto, a nossa adrenalina a subir, o nosso telefone a tocar com a pessoa certa no momento certo.

O salário satisfação está em negociação, por aqui. No entanto, ele já é enorme pelas pessoas todas que tenho por perto. O meu salário satisfação é louco, é são e é constante. Satisfaz, portanto.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo