segunda-feira, 17 de março de 2014

Cheap NYC | Lojas



No seguimento deste post, seguem as minhas sugestões de lojas boas e baratas em Nova Iorque, para quem acha que a cidade é cara. Tal como acontece com os restaurantes, é facílimo gastar dinheiro e há lojas que quase nos fazem perder a cabeça – eu quase perdi com este vestido.

E vale a pena, imensas vezes. Há imensas lojas que vendem boas marcas com preços apetecíveis, e que compensam imenso para comprar os clássicos: um bom casaco de Inverno, uns bons sapatos, um bom vestido, um bom blazer..
No entanto, se, como eu, levam uma lista de coisas que nem são propriamente importantes para que durem uma vida, há lojas que nos dão um jeitão conhecer. Tudo depende, obviamente, do estilo de cada um, mas aqui ficam as minhas favoritas, da secção ‘affordable’:

Um clássico da roupa barata. Cerca de 70% do que lá está é péssimo, feio e nem sequer vale o preço. Mas os outros 30%, bem explorados, são um mimo para a carteira. No ano passado já lá tinha perdido a cabeça. Este ano levava uma lista, portanto só acrescentei duas ou três coisas totalmente irresistíveis. Blusas boas com 70% de desconto, uma saia linda para o Verão, acessórios, roupa interior…vim com um saco cheio e gastei menos de 50 euros. Há sempre uma zona de promoções e há sempre artigos que valem a pena. A loja é gigante e uma confusão, portanto temos que ir para lá com a paciência de um santo. Mas vale sempre, sempre a pena.

Mesmo sem aquele corpinho de anjo, é possível encontrar coisas fantásticas na VS. A roupa interior tem sempre promoções – 3 por 25 dólares – e as colecções são todas muito bonitas. No entanto, onde me perco mesmo é nos cremes hidratantes. Voltei de lá, novamente, com um carregamento absolutamente ridículo [custaram-me 4 dólares cada um. PVP? 12 dólares…]. É fazer as contas e ver como rende. Para além do facto de que são muito melhores do que muitos dos cremes que se compram cá.

Cremes diversos


Na América sê Americano. São as marcas mais baratas e que compensa, realmente, comprar. Desta vez não trouxe nada da GAP para mim, mas vim com várias coisas para o João. Nas lojas de rua há quase sempre saldos; se conseguirem ir a um Outlet, morrem de desespero porque querem trazer tudo. Comprei-lhe calças a 25 dólares e polos a preços que me recuso a dizer por tão ridículos. A roupa é boa, dura imenso tempo e como tem medidas praticamente personalizáveis (cinturaXaltura) assenta lindamente.

A versão californiana da Abercrombie&Fitch tem exactamente o mesmo problema desta loja: é demasiado escura. E grande. E a música está demasiado alta. Fora isso, é mega: o cheirinho é um mimo, as colecções são girissima (mais giras que as da A&F) e a roupa, para além de boa, não é cara. Desta vez tive a sorte de apanhar um dia em que as jeans estavam em promoção. Como faziam parte da minha lista de compras, aproveitei. São lindas e assentam lindamente – e custaram-me metade do que se as comprasse cá com qualidade equivalente. Vim também carregada de blusas e afins que estavam com umas promoções de cerca de 60% - quem resiste? J
A loja vende online e envia para Portugal. O que é bom, porque vê-se melhor a cor da roupa do que na loja, itself :)

Tenho uma cena com farmácias. Quando vivia no Brasil ia todos os dias a farmácias, às vezes só para olhar para as prateleiras. Sou um bocado ridícula, eu sei, mas as farmácias nos EUA e no Brasil são mega com aquelas prateleiras cheias de coisas. Bom, nos EUA aproveita-se para comprar coisas como Ibuprofeno (mais barato e com caixas bem mais giras), melatonina (quando alguém pede que não sou pessoa de precisar), batons do cieiro e produtos para viagem. A saber: desodorizante, pasta de dentes, líquido para as lentes de contacto, toalhitas desmaquilhantes e removedor de verniz tudo em tamanho de viagem, permitido em malas de mão. Custam praticamente 1 dólar cada e dão lindamente para levarmos naquelas viagens de final de semana em que só levamos mala de cabine. Um mimo! Para além disso, as farmácias norte-americanas vendem vernizes da Essie a 8,5 dólares (cerca de 6 euros). Como pode, né?

O mega Macy’s tem sempre uma coisa que eu a-d-o-r-o (na verdade, essa é uma das razões pelas quais gosto dos EUA): promoções. Mega promoções. Um piso de sapatos em promoção. E coisas diversas desse género. CK em promoção. Ann Taylor em promoção. Coisas fantásticas que nos fazem perder a cabeça. Não tinham nada da minha lista, portanto aproveitei apenas para comprar um presente na Kiehl’s (lá está, uma marca americana), que me custou praí metade do que aqui. Sucesso! :)

É cara, às vezes tem umas roupas estranhas, mas tem oportunidades fantásticas. Os tecidos são de óptima qualidade e como há sempre uma secção em promoções – lá está! – consegue fazer-se compras óptimas. Este ano não vi nada que me enchesse o olho, mas no ano passado trouxe de lá vestidos para dois dos casamentos que tive: custaram-me 30 dólares cada um (estavam com descontos de 70%). Querem que continue? :)


1 comentário:

  1. Great advice and thanks for your share.
    I love the lingerie design style which from China Lingerie Manufacturer,Here you can find the fashional Clubwear and they Wholesale Lingerie.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo