sexta-feira, 14 de março de 2014

Nice Blend

Lisboa tem um novo restaurante daqueles mesmo bons. Assim, sem ser pretensioso mas onde se come bem e com um ambiente giro - até tem DJ ao vivo, pela noite dentro. No outro dia, em jeito de celebração por coisas diversas, decidimos ir ao Blend, o novo restaurante de Ricardo Quaresma (yep), com uma carta desenhada pelos chefs Chakkal  e António Amorim.

As doses são pequenas para que façamos uma jantar absolutamente partilhado, e cerca de três pratos principais dão um ótimo jantar para duas pessoas. Nota ainda para o vinho da casa - como geralmente o João não bebe alcool, eu sou uma conhecedora dos vinhos a copo servidos pelo mundo ;) - que é bastante bom.

O serviço foi ótimo [mesmo!], a comida de sonho e o preço bastante justo para a qualidade [creio que não chegou a 30 euros por pessoa]. Comida portuguesa mas com um toque gourmet, que a deixa menos pesada e ainda mais saborosa. É que há muito tempo que não comia taõ bem em Lisboa. Mesmo.

O ambiente é agradável, ainda que o espaço seja pequenote - a única coisa que me incomodou um pouco foi a falta de espaço entre as mesas, ma o facto de o restaurante estar cheio de turistas fez com que fosse um pouco indiferente, que ninguém ouvia as nossas conversas, mesmo.

Mas, como o espaço é pequeno, convém reservar uma mesinha, que um restaurante em pleno Bairro Alto, como sabem, é casa para encher.  Muito resumidamente, é um daqueles restaurante ótimos para um jantar romântico [ou, no máximo, com quatro pessoas], onde finalmente há boa comida a preços que não são absurdos. E a música também estava mega, by the way :)

Anotem na nossa agenda, microalgas. Vale imenso a pena conhecer o Blend. Nós ficámos super fãs.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo