quarta-feira, 28 de maio de 2014

Dos amigos (again)

Já aqui falei dela e acho que vou continuar a falar. Assim seja, que significa que continuamos na vida uma da outra e isso, por si só, seria algo digno de celebração. Mas a verdade é que para além de ela pressentir que tem que me ligar porque tenho algo importante para contar, e para além de estar ao meu lado há mais de vinte anos, ela cuida de mim mesmo à distância.

Depois de uma monumental queda que dei ontem, em que queimei o peito do pé porque a alcatifa onde me espalhei era mais áspera que alcatrão, vim para casa com recomendações de deixar a ferida apanhar ar depois de a lavar. Problema: estava em carne viva e isso é chato, porque dói. Quando se toma banho também é chato porque arde. Quando se anda é chato porque as calças roçam na ferida e arde. "De certeza que é para deixar ao ar?" Toda a gente diz que sim, incluindo a farmacêutica, que só me deixou colocar uma gaze esterilizada porque eu lhe disse que não aguentava as calças sempre a magoarem-me.

Cheguei a casa, com dores, e retirei o penso que eu própria fiz durante a tarde. "Deixar ao ar", pensei. Mas a coisa não parava de doer e estava com pior aspeto. Tomei um banho a ver se era só cansaço e quando olhei já não era só uma ferida. Era uma ferida inchada e a infectar. Liguei para a única pessoa que não goza comigo por eu andar sempre com mazelas diversas. Feitas das formas mais parvas, claro. "Explica-me como está. De que cor? E onde é que é? E dói? E a textura?" Expliquei o melhor que pude e descobri que "devias ter isso tapado!! Tens que fazer um penso se não vai infectar mais". Errr..."Não tenho essas coisas em casa.." Ups. "O que é que tens? Ok, então vamos fazer com isso". E eu fiz. Com as melhores indicações via telefónica, o melhor que pude, com a certeza de que estava a ter a melhor enfermeira do mundo a cuidar de mim.

E agora estou aqui, a olhar para um pé que ainda dói e a pensar que tenho os melhores amigos do mundo. E uma sorte do caraças.

Thanks, Gorda. Que seria de mim sem ti? :)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo