quarta-feira, 27 de agosto de 2014

10 years and counting...

Conhecemo-nos - eu, a T. e o A. - há dez anos. Fomos colegas de sala, de estudo, de trabalhos vários que se foram desenrolando naquela faculdade e fora dela. Depois embarcámos numa outra aventura juntos. Ou melhor, eu e o A., primeiro, a T. e o A. depois. Fomos estudar para fora, no país das gauffres, das moules e do frio. 

Oh Happy Days
Durante esse tempo conhecemos a querida Amandine [e já lá vão 9 anos], a belga menos belga que alguma vez conheci. Desde então já nos encontrámos com ela várias vezes - o A. em cidades diversas, nós, por cá. A Amandine entrou nas nossas vidas com um sorriso e uma generosidade que são difíceis de encontrar. De verdade. A Amande já fala um pouco de português e já entende a língua. Os dias com ela são um divertimento de conversas em inglês, francês e português em que ninguém se apercebe de que língua está a falar.

Esta semana voltámos a estar juntos algumas vezes. Eu, o A., a T. e a Amandine. E as nossas conversas deixaram de ser sobre os exames e passaram a ser sobre trabalho. Sobre as viagens. Sobre os filhos (a T. ganha). Sobre os sonhos e os projetos, pessoais e profissionais, que temos agora, dez anos depois de nos termos conhecido. A parte boa? Mudámos tão pouco desde que nos conhecemos, que queremos mesmo permanecer na vida uns dos outros mais tempo. Mais uns 100 anos, se possível. A parte menos boa? Continuamos com a mesma falta de juízo de sempre. Mas bom, não se pode ter tudo, não é? :)





1 comentário:

Ocorreu um erro neste dispositivo