quarta-feira, 24 de setembro de 2014

O meu marido é melhor que o vosso #1

As pessoas que decidiram entrar-nos em casa há duas semanas levaram, para além da minha sensação de segurança, algumas das minhas coisas mais queridas. O meu anel de noivado. Todas as jóias. A minha MK. Sapatos...

É verdade que são somente coisas. Que tinham memórias, afetos, mas que são coisas. E que as memórias, os afetos e as pessoas que mas tinham dado ficarão para sempre comigo, no meu coração. E como diz a T., as que ainda cá estão "vão voltar a construir memórias, quem sabe ainda melhores...". Mas nem por isso custa menos.

O meu marido, que é melhor que todos os outros - pelo facto de ser meu!:) - começou, "devagarinho", a reconstruir o meu "império" perdido. Começou pelos sapatos que me tinham sido oferecidos pela querida Giu e que as assaltantes, obviamente pessoas de bom gosto, decidiram levar. Ele encontrou uns iguais. E isso encheu-me de tal forma o coração que nem as palavras me saíram como deve ser.

[Continua a doer muito. Mas dói menos por sabermos que não perdemos as pessoas boas que fazem a nossa vida. E que continuamos a ser capazes de sorrir mesmo quando dos olhos só nos saem lágrimas, ao recordar os anéis aos quais dissemos 'sim' e que gostávamos de ter no dedo e que nunca mais voltarão.

3 comentários:

  1. é uma sensação péssima, mas aos poucos vais ganhando novamente segurança..
    Esses sapatos são maravilhosos :)

    kisseS***

    ResponderEliminar
  2. Os sapatos! Esses sapatos tem história. Aos poucos espero que te vás recompondo. Nunca me aconteceu, mas imagino a sensação de insegurança. beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Que situação desagradável, deve ser péssimo sentir insegurança na própria casa.
    beijinhos

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo