segunda-feira, 8 de setembro de 2014

"Tudo o que ligares na Terra...

Será ligado no céu. E tudo o que desligares na terra, será desligado no céu"*. Ser exemplo. Ser responsável pelo outro. Por quem está ao lado. Por quem nos cruza o caminho. Nunca esquecer disso. Nunca. Tudo o que fazemos. Tudo o que dizemos. Tudo o que mostramos. Tudo o que somos. Tudo a que aspiramos. Tudo aquilo que somos e que fazemos da nossa vida reflete-se em quem nos rodeia. Tudo o que deixamos de fazer, também.

Cada vez que esquecemos, que não ligamos, que não cuidamos. Cada vez que deixamos para depois. Cada vez que descuramos o outro, estamos a deixar uma marca. Um sinal. Estamos a não ser o exemplo que devíamos. "Tudo o que desligares na terra..."

Sempre. Sempre, sempre, sempre que fazemos algo, o que quer que seja, estamos a ser exemplo. Estamos a provocar sentimentos. Estamos, somos responsáveis pelo outro. Do que fomos, do que somos para os outros. "Tudo o que ligares na terra..."

A mensagem não é nova, mas eu nunca tinha pensado tanto nela como estes dias. Somos sempre responsáveis por quem nos rodeia. Sempre. Sem margem para desculpas, para lavagem de mãos. Sempre.

E que bom - e assustador - é isso!

* Mt,16

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo