quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Estamos a ensinar coisas muito erradas aos mais novos

Eu sei, eu sei. Eu não sou mãe, portanto não entendo a necessidade de ter algum silêncio e quietude e não percebo como é incrível o que um tablet ou um smartphone podem fazer pela sanidade mental...

No entanto, sou filha. Sou tia. Sou neta. E sei como é que a minha mãe, a minha avó garantia a sanidade mental. E sei como são os miúdos. O que eu não sei, e isso assusta-me verdadeiramente, é que tipo de pessoas estamos a criar. Não sei se quero ter filhos que vão viver com gente que "morreria" se lhe "tirassem o tablet". Não sei o que estamos a fazer do mundo. Mas sei uma coisa: os pequenos seguem os exemplos dos mais velhos. E há algo de muito errado no que nós lhes estamos a passar.

Esse vídeo tem um minuto. Era importante que toda a gente o visse. A sério.

   

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo